Encerramento do balcão - Câmara de Terras de Bouro assegura serviço dos CTT em Moimenta

Encerramento do balcão -
Câmara de Terras de Bouro assegura serviço dos CTT em Moimenta

A Administração dos CTT vai fechar o balcão em Moimenta. A decisão, «irredutível e sem retrocesso», foi comunicada pelo Presidente da Câmara de Terras de Bouro, esta manhã, em reunião do executivo. Manuel Tibo revelou «a existência de uma série de reuniões com os responsáveis dos CTT mas a decisão está tomada e não vão voltar atrás». Perante este cenário, a autarquia decidiu tomar conta de todo o processo. «Para que a população não fique preocupada, sinta confiança e segurança no serviço, serão duas funcionárias municipais a assumir o posto, que se irá manter no mesmo local e com o mesmo horário de funcionamento».

As funcionárias irão iniciar, na próxima semana, formação especifica e entrarão em funções no início do mês de Novembro. «Os serviços que existem actualmente serão mantidos e a população não tem motivos nem para se preocupar nem para começar a fazer especulações», referiu, ainda, Manuel Tibo. O contrato assinado para a cedência de instalações vai, também, ser negociado com os CTT, sendo que aquele é um espaço «onde não há pagamento de renda».

O Vereador do Movimento Independente, “Terras de Bouro, Nosso Partido», lamentou a decisão. «As valências estão a extinguir-se e isto é diminuir os Concelhos. As entidades públicas não têm pudor em entregar a privados este tipo de serviços, no nosso caso e ainda bem, continuará público. É a fraqueza de quem vai despovoando os Concelhos».

PUBLICIDADE