CULTURA -
“A Grande Vaga de Frio” com “Orlando”, de Virginia Woolf, no Theatro Circo a 11 de Setembro

O texto “Orlando”, de Virginia Woolf, é o ponto de partida para “A Grande Vaga de Frio”, peça que o “Ensemble – Sociedade de actores” apresenta a 11 de Setembro, pelas 21h30, no Theatro Circo.

Em “A Grande Vaga de Frio”, a actriz Emília Silvestre dá corpo e voz a um monólogo com dramaturgia de Luísa Costa Gomes. A peça começa no último episódio do livro para nos contar uma história recheada de momentos vertiginosos e cheios de graça, a história de uma personagem que muda de sexo e de identidade várias vezes ao longo da trama. Durante cerca de uma hora, as magníficas e exuberantes palavras de “Orlando” são a matéria suculenta e deliciosa do jogo entre ela(e) e o público.

“ORLANDO”

PUBLICIDADE

Nas palavras do Ensemble, “Orlando” é um delicado e contundente retrato social e cultural que atravessa várias épocas da história de Inglaterra, uma reflexão crua e dura sobre as diferenças de género, sobre o papel das mulheres na sociedade ao longo dos tempos. 

«É, acima de tudo, um prodigioso exercício de imaginação e talento literário e uma ode à liberdade, como o atestam as variadíssimas leituras e interpretações que têm sido dadas a “Orlando” desde a sua publicação em 1928! E também é uma maravilhosa história de amor(es)», pode ler-se em nota enviada.

“A GRANDE VAGA DE FRIO”

“A Grande Vaga de Frio” estreou em Outubro de 2017. O monólogo, com dramaturgia de Luísa Costa Gomes e encenação de Carlos Pimenta, já passou por vários palcos do país e chega agora a Braga.

Os bilhetes estão disponíveis a 10€ (5€ c/ cartão Quadrilátero) na bilheteira do Theatro Circo, nos locais habituais e em https://TheatroCirco.bol.pt.