COVID-19 -
Amares e Terras de Bouro continuam na última fase do desconfinamento

Os concelhos de Amares e de Terras de Bouro permanecem, sem alterações, na última fase de desconfinamento, em que entraram no passado dia 1 de Maio, tal como acontece na generalidade dos municípios do país.

Esta quinta-feira, o Governo fez a actualização semanal da situação no país e apenas um concelho, o de Cabeceiras de Basto, recua no desconfinamento.

PUBLICIDADE

Devido ao número de casos de infecção que foram registados ao longo da última semana, este município minhoto sai da última fase de desconfinamento em que se encontrava.

Há ainda quatro concelhos que ficam na fase em que estão: Carregal do Sal e Resende permanecem na segunda fase, Paredes fica na terceira fase e as duas freguesias de Odemira vão continuar na primeira fase do desconfinamento.

Miranda do Douro, Aljezur, Portimão e Valongo que estavam em fases anteriores vão poder agora avançar para a última fase do desconfinamento.

MEDIDAS

Nos concelhos que estão na última fase de desconfinamento, os restaurantes, cafés e pastelarias poderão ter serviço de mesa até seis pessoas no seu interior e dez nas esplanadas, tendo o fecho que acontecer até às 22h30, quer à semana, quer ao fim-de-semana.

Os centros comerciais podem estar abertos até às 21h00 à semana e às 19h00 aos fins-de-semana.

É permitida a actividade física ao ar livre em grupo e os ginásios podem realizar aulas colectivas. São igualmente permitidas todas as modalidades desportivas.

Poderão acontecer grandes eventos exteriores e eventos interiores sujeitos a lotação definida pela Direcção-Geral da Saúde (DGS).

Os casamentos e baptizados poderão ter 50% da capacidade total.