REGIÃO -
Aprovada candidatura do IPCA para acolher “EUROPE DIRECT Minho”

A Comissão Europeia aprovou a candidatura do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) para acolher o “EUROPE DIRECT Minho”, no período 2021-2025, com início de actividade a 1 de Maio. Os “EUROPE DIRECT” agora aprovados correspondem a uma nova geração dos Centros de Informação Europe Direct (CIED), que adquirem assim uma nova designação.

Em nota enviada, a presidente do IPCA, Maria José Fernandes, revela que a aprovação desta candidatura representa o «continuar de um trabalho que tem vindo a ser desenvolvido de cariz europeu junto dos cidadãos e entidades da região».

«Este projecto constitui-se como mais uma oportunidade de afirmação da região junto das instituições europeias», refere a presidente.

PUBLICIDADE

Aproximar a União Europeia (UE) dos cidadãos, designadamente através da organização de actividades informativas e participativas, é o principal objectivo dos “EUROPE DIRECT”.

Estes centros assumem-se, assim, como um meio de promoção da participação dos cidadãos no processo democrático europeu.

“EUROPE DIRECT Minho”

O EUROPE DIRECT Minho irá funcionar como um serviço destinado a «fornecer informações sobre as competências, políticas e prioridades da UE, através da organização de eventos, seminários e de outras acções de interação com os cidadãos, seja por via online ou offline». Irá, também, fornecer regularmente aos meios de comunicação social e aos multiplicadores locais (influenciadores das redes sociais, bloguistas, etc.) informações e conteúdos relevantes sobre a UE.

A acção do “EUROPE DIRECT Minho” na NUTS III – Norte – Alto Minho, Cávado e Ave trabalhará estreitamente em colaboração com a Representação da Comissão Europeia em Portugal e com o Gabinete do Parlamento Europeu, assim como com outras redes de sensibilização e pontos de contacto da UE a nível local, promovendo assim o intercâmbio de informações relevantes para a região.

Tal como todos os outros centros do género, “EUROPE DIRECT Minho” será um espaço aberto ao público, no Campus do IPCA, Barcelos, e disponível para responder a pedidos individuais de reuniões e responder a perguntas ou encaminhar os cidadãos para as redes da UE apropriadas (ou para o Centro de Contacto Europe Direct). Será, igualmente, activo nas redes sociais, promovendo a interação com o público.