EDIÇÃO IMPRESSA – Associação de Paralisia Cerebral muda-se para Amares com lar residencial no horizonte

EDIÇÃO IMPRESSA –
Associação de Paralisia Cerebral muda-se para Amares com lar residencial no horizonte

Actualmente com sede no Concelho de Braga, a Associação de Paralisia Cerebral de Braga (APCB), fundada em 1986, presta apoio às famílias e aos utentes com paralisia cerebral em nove concelhos do distrito, são eles, Famalicão, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Braga, Barcelos, Esposende, Vila Verde, Terras de Bouro e Amares. Este último, vai passar a acolher a nova sede da IPSS, sendo por isso todos os serviços deslocalizados para a freguesia de Carrazedo, onde surgirão as novas instalações. José Luís Alves, Presidente da Associação de Paralisia Cerebral de Braga há já 15 anos, explicou, em entrevista ao jornal “O Amarense” como serão as novas instalações, que espaços a vão compor, que novidades, capacidade e valências irão acrescentar – como é o caso do lar residencial – e ainda a previsão para arrancar com a obra.

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Outubro 2019, nas bancas.