LAGO (Amares) Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) investiga circunstâncias da morte de Ricardo Oliveira

LAGO (Amares)
Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) investiga circunstâncias da morte de Ricardo Oliveira

A Autoridade para as Condições do Trabalho abriu um processo de investigação à morte de Ricardo Oliveira, de 37 anos, pai de uma menina de sete, que foi vítima mortal de um acidente de trabalho, este sábado, quando manobrava uma máquina de cortar painéis. Sofreu um traumatismo crânio-encefálico grave.

Trabalhava na empresa há cerca de oito meses. É residente na freguesia de Lago, onde se situa a empresa Painel 2000, onde ocorreu o fatídico acidente laboral.

PUBLICIDADE

A unidade de Braga da Autoridade para as Condições do Trabalho já iniciou a investigação às circunstâncias da morte do operário, cujo corpo se encontra para ser autopsiado no Instituto de Medicina Legal do Hospital de Braga.

Ainda não há data marcada para a realização das cerimónias fúnebres.

[email protected]