REGIÃO - Barcelos recebe 3.º Congresso Intermunicipal sobre Protecção de Crianças e Jovens

REGIÃO -
Barcelos recebe 3.º Congresso Intermunicipal sobre Protecção de Crianças e Jovens

O auditório municipal de Barcelos recebe nos próximos dias 17 e 18 a 3.ª edição do Congresso Intermunicipal sobre Protecção de Crianças e Jovens, sob o tema ‘Dicotomias e desafios da protecção no espaço público e no espaço privado’.

A iniciativa é organizada pelas comissões de Protecção de Crianças e Jovens de Barcelos, Esposende, Vila Nova de Famalicão e Vila Verde e conta com o apoio dos respectivos municípios. Este ano é a vez de Barcelos receber o Congresso Intermunicipal, depois de já ter passado por Esposende e Vila Nova de Famalicão.

A 3.ª edição procurará, através da presença de diversos especialistas, fomentar o aprofundamento de conhecimentos e partilha de práticas no âmbito da proteção da infância e da juventude, bem como promover o espírito de articulação e a concertação interinstitucional neste domínio.

PUBLICIDADE

O evento. que aguarda a participação de profissionais, entre conferências plenárias e sessões paralelas, realiza-se entre o auditório municipal, o Theatro Gil Vicente, a Biblioteca Municipal e o Museu de Olaria.

Além dos representantes dos municípios marcam presença  várias personalidades, nomeadamente a presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens, Rosário Farmhouse, a procuradora da República e Coordenadora do Gabinete da Família, Criança e Jovem, Helena Gonçalves, o procurador da República jubilado, Rui do Carmo, o presidente do Conselho de Deontologia do Porto da Ordem dos Advogados, Francisco Vellozo Ferreira,  e o director do Centro Distrital de Braga do Instituto da Segurança Social, I.P., João Ferreira.

O congresso conta ainda com a presença da Polícia Judiciária, da Associação para o Planeamento da Família, do Centro Hospitalar do Porto, da Junta de Andaluzia e a Diputación Provincial de Cádiz, e vários professores e investigadores das universidades do Minho, do Porto, de Aveiro, da Nova de Lisboa, da Católica, do Instituto Superior Miguel Torga, do ISMAI, e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar.

O congresso é aberto à comunidade em geral mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo.

A participação no congresso está sujeita a inscrição prévia, a qual deverá ser formalizada através do preenchimento e envio da respetiva ficha de inscrição através do link https://3cipcj.wixsite.com/2019