REGIÃO -
Barcelos sinaliza Caminhos de S. Bento

O município de Barcelos terminou a sinalização dos Caminhos de São Bento da Porta Aberta na sua área territorial, entre a freguesia da Pousa e a Igreja Matriz, em Barcelos, informa a autarquia.

Este é um projecto da Comunidade Inter-municipal (CIM) do Cávado, em parceria com a Irmandade de São Bento da Porta Aberta que, em conjunto com os seis municípios associados (Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde) promovem o projecto ‘Caminhar em Segurança’ que visa a valorização e sinalização dos caminhos de São Bento da Porta Aberta, de forma a possibilitar uma leitura comum dos vários percursos e uma melhor orientação estratégica e em segurança aos peregrinos e caminhantes.

PUBLICIDADE

Com o trajecto dividido em sete etapas distintas, desde Fão (Esposende) até S. Bento (Terras de Bouro), num percurso total de aproximadamente 70 quilómetros, o livro pretende dar orientação geográfica, assim como informações úteis de índole cultural, ambiental e interpretativo.

O Guia do Caminho pretende ser um elemento de apoio ao peregrino e caminhante, disponibilizando orientação geográfica e informação sobre pontos de interesse e de apoio e na interpretação do património religioso e cultural ao longo da rede, sendo ainda um elemento de promoção do Caminho de São Bento e para o território do Cávado.

Este projecto surge de uma candidatura ao programa Interreg Espanã-Portugal (POCTEP), que a CIM Cávado viu aprovada e que permitiu o desenvolvimento de uma imagem de marca do caminho e várias soluções de sinalética direccional.

Os caminhos de peregrinação para São Bento da Porta Aberta têm origem em todo o Minho, com motivação predominantemente religiosa, mas por vezes também lúdica.

Os peregrinos e caminhantes que os percorrerem podem usufruir de um riquíssimo património cultural e de uma paisagem natural única que culmina no Santuário de São Bento da Porta Aberta, localizado no concelho de Terras de Bouro, em pleno Parque Nacional da Peneda Gerês.

O Santuário é um local de culto com uma forte importância religiosa e turística, recebendo, por ano, mais de 600 mil turistas e peregrinos de várias origens.