BRAGA

BRAGA -
BE Braga defende junto do Governo Quinta da Arcela disponível para usufruto público

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Em questão endereçada ao Governo, através do Ministério da Finanças, o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) defende a transformação da Quinta da Arcela em Lamaçães, Braga, num espaço para usufruto público.

Referindo que a Quinta da Arcela abrange “mais de quatro hectares” numa das zonas “mais densamente urbanizadas” da cidade, os bloquistas defendem que os terrenos da antiga Estação Agrária apresentam “características únicas para a fruição pública enquanto parque urbano”. 

“Apesar de neles existirem três edifícios – que carecem de requalificação –, os terrenos encontram-se essencialmente naturalizados, com pequenos núcleos arborizados, o que contrasta com a artificialização e a elevada densidade construtiva na freguesia”, afirma.

PUBLICIDADE

Para o BE, com uma “intervenção minimalista”, os terrenos podem ser “rapidamente disponibilizados para usufruto público, contribuindo, assim, para a diminuição do elevado défice de espaços verdes de acesso público na cidade”.

“Consideramos que este espaço deve ser disponibilizado para fruição pública e, como tal, importa conhecer a vontade do Governo para disponibilizar os terrenos ao município, com a condição de este os destinar ao usufruto público enquanto espaço verde”, afirma o Bloco.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS