BRAGA -
Bloco quer saber quando é reaberta urgência nocturna de gastroenterologia do Hospital de Braga

O encerramento da urgência nocturna do serviço de gastroenterologia no Hospital de Braga, no passado dia 1, levou os deputados do Bloco de Esquerda (BE) eleitos por Braga, José Maria Cardoso e Alexandra Vieira, a questionar o Governo com o objectivo de saberem os motivos para o encerramento e para quando se prevê que este serviço esteja novamente a funcionar.

Com o documento entregue na Assembleia da República, os deputados pretendem que o Ministério da Saúde esclareça quantos gastroenterologistas exercem funções no Hospital de Braga e se a administração articulou com os hospitais da área metropolitana do Porto (São João e Santo António) o envio dos utentes de Braga para estas unidades hospitalares.

“O Bloco de Esquerda considera fundamental saber o que levou a esta situação bem como quais as medidas urgentes que estão a ser implementadas para a ultrapassar”, afirmam os deputados no documento.

PUBLICIDADE

“É essencial perceber se esta situação ocorreu devido a imponderáveis ou se na sua génese se encontram factores previsíveis que podiam ter sido acautelados e, por outro lado, urge saber quando irá ser reaberta a urgência nocturna bem como conhecer as diligências que estão a ser efectuadas nesse sentido”, concluem.

Refira-se que, de acordo com  a rede de referenciação actualmente em vigor, o hospital bracarense é referência de primeira linha em gastroenterologia para as populações servidas pelos hospitais de Braga, Barcelos e pelo Centro Hospitalar do Médio Ave.