AMBIENTE - Braga alinha com Agenda 2030 da ONU na preservação da água

AMBIENTE -
Braga alinha com Agenda 2030 da ONU na preservação da água

No âmbito do Ano Nacional da Colaboração, uma iniciativa promovida pelo GovInt (Forum para a Governação Integrada) que ao longo de 2019 pretende mobilizar e inspirar a sociedade portuguesa para a relevância estratégica da colaboração, a Câmara de Braga desenvolve um conjunto de actividades, transversais a todo o universo municipal, sobre a temática da preservação e valorização da água.

“Os principais objectivos passam por, de uma forma colaborativa e trabalhando em rede, promover o consumo de água da torneira, desincentivar o consumo de água engarrafada (evitando também a utilização de plástico descartável) e sensibilizar a população para a preservação da água, enquanto recurso finito que é”, refere a autarquia em nota às redacções.

A autarquia pretende ser “reconhecida como uma cidade onde a qualidade de vida é o espelho da sustentabilidade, inovação e da dinâmica social e cultural”.

PUBLICIDADE

Alinhada com as prioridades globais da Agenda 2030 da ONU, assinada por mais de 190 países, a Braga assume o compromisso de adoptar os 17 Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, sendo que esta iniciativa foca mais especificamente nos seguintes pontos: 6 – Água e Saneamento”; “11 – Cidades e comunidades sustentáveis”; “12 – Produção e consumo sustentáveis”; “13 – Combate às alterações climáticas” e “14 – Vida na água”.

Estão previstas diversas acções específicas – concertos, peças de teatro, animações, workshops ou acções de sensibilização e boas práticas – que abrangem todos os sectores de actuação do universo municipal, assim como visitas de estudo e actividades destinadas ao público escolar e infanto-juvenil.

Paralelamente, todos os eventos municipais (Carnaval, Braga Romana, S. João, Noite Branca, Braga É Natal, etc.) a desenvolver terão nos seus objectivos o vínculo à preservação da água.