MOBILIDADE -
Braga cria lugares de estacionamento reservados a motociclos

A Câmara de Braga iniciou a primeira fase de um plano de instalação de lugares de estacionamento reservado a motociclos, com a criação de dez lugares cada um com capacidade para seis motos. A médio prazo, a autarquia prevê a instalação de 45 lugares de estacionamento em vários pontos estratégicos da cidade.

Segundo o vereador João Rodrigues, que tutela o Espaço Público, “os novos lugares para motociclos enquadram-se na estratégia modal tem vindo a ser implementada pelo Município de Braga, no sentido de incentivar as pessoas a utilizar outros meios de transportes mais limpos, mais compactos e mais sustentáveis”.

PUBLICIDADE

“Por cada lugar de um automóvel, caberão seis motociclos, pelo que o parque de estacionamento total a criar terá capacidade para 270 motociclos”, acrescenta o vereador.

A reformulação dos lugares contempla pontos estratégicos como a Estação de Caminhos-de-Ferro, a Estação Rodoviária, os estabelecimentos de ensino secundário, diversos equipamentos públicos e edifícios de serviços, como o Tribunal, a Segurança Social, as Piscinas Municipais, os postos dos CTT e outras zonas do centro da cidade, incluindo as entradas na área pedonal.

A cor amarela permite aos utilizadores deste tipo de veículo identificarem os lugares, um pouco no seguimento do que acontece com os lugares destinados às trotinetes e bicicletas (de cor vermelha).

João Rodrigues adianta que a autarquia vai continuar a fazer intervenções no espaço público com vista “à criação de melhores condições para os peões e para as bicicletas, com medidas que visam a acalmia do tráfego automóvel”.