INCÊNDIOSBraga, Vieira do Minho e Fafe recebem verba para projectos “urgentes e inadiáveis”

INCÊNDIOS
Braga, Vieira do Minho e Fafe recebem verba para projectos “urgentes e inadiáveis”

Braga, Vieira do Minho e Fafe são os concelhos minhotos que recebem uma fatia do ‘bolo’ de dois milhões de euros que o governo atribui aos municípios afectados pelos fogos florestais de 2107 para “projetos urgentes e inadiáveis”.

O objectivo do apoio é concretizar intervenções que permitam o bom funcionamento da rede hídrica afectada pelos incêndios, para obviar a constrangimentos de escoamento e arrastamento anormal de solos em período de chuvas.

PUBLICIDADE

Também Arcos de Valdevez e Monção fazem parte do lote das 18 autarquias beneficiadas pela medida anunciada pelo Ministério do Ambiente, e que este sábado é formalizada, em Alijó, em cerimónia que conta com a presença do ministro de tutela, João Pedro Matos Fernandes.

O investimento é feito ao abrigo do Fundo Ambiental e por intermédio da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).