BRAGA

BRAGA -
Câmara avança com Academia Sénior de Braga

Share on facebook
Share on twitter

A população com idade igual ou superior a 55 anos e que se encontre na reforma ou na pré-reforma pode usufruir gratuitamente de um novo projecto social e educativo de ocupação e enriquecimento dos seus tempos livres: a Academia Sénior de Braga.

Anunciada esta terça-feira por Ricardo Rio, Academia Sénior é uma nova aposta do município para proporcionar entre os meses de Setembro e Junho à população sénior do concelho um aumento da sua qualidade de vida, através da estimulação intelectual e física, formação permanente, ocupação dos tempos livres, passando pelo crescimento do sentimento de utilidade, bem-estar e integração na comunidade, bem como no favorecimento das relações interpessoais e inter-geracionais e de novos interesses a nível social e cultural.

PUBLICIDADE

“Este projecto é um estímulo ao dinamismo e à actividade daqueles que estão numa fase da sua vida com mais tempo livre. Queremos propiciar um conjunto de actividades de diferente natureza, que sirvam como um factor de enriquecimento pessoal e cultural e que lhes permita dar um contributo à sociedade”, referiu o presidente da Câmara Municipal de, durante a apresentação deste projecto, que decorreu no Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa.

Já Sameiro Araújo, vice-presidente da Câmara, explicou que “a academia surge da agregação de outros projectos já existentes e que foram interrompidos devido à pandemia”.

“Com um novo dinamismo, esta nova valência visa aumentar a qualidade de vida dos bracarenses, combater o isolamento social de forma a que todos se sintam mais felizes”, salientou Sameiro Araújo.

DO ESTÁDIO AO MUSEU

Na Academia Sénior de Braga são ministradas várias disciplinas como História e Cultura de Braga, inteligência emocional, informática, inglês, literatura, cidadania, dança, actividade física, música ou artes, e conta com um conjunto de parceiros e professores, formados nas várias áreas específicas.

O projecto arranca com duas turmas de 20 participantes, sendo que interessados podem inscrever-se no Balcão Único do Edifício do Pópulo. A sede do projecto é nas antigas instalações do Banco Local de Voluntariado, na rua Frei Caetano Brandão, local onde, juntamente com o Museu dos Biscainhos, a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, recebe as aulas teóricas.

Já a componente prática decorre no Estádio 1º de Maio, nas instalações dos parceiros Leroy Merlin e Braga Dança, na Quinta Pedagógica de Braga e em diversos locais da cidade.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS