BRAGA -
Câmara de Braga entrega cerca 180 mil euros ao Theatro Circo para assumir gestão do gnration

A Câmara de Braga debate, segunda-feira, em reunião do executivo, a transferência de mais 179 mil euros para o Theatro Circo como  compensação pela passagem, a partir de Setembro, para a sua mão, da gestão do equipamento cultural GNRation, por proposta da vice-presidente, Sameiro Araújo.

A autarquia decidiu atribuir ao Theatro Circo a gestão da programação cultural daquele espaço de criação, performance e exposição no domínio da música contemporânea e da relação entre arte e tecnologia, tendo em vista “um melhor aproveitamento das sinergias geradas entre os espaços e actividades culturais sob alçada da sua gestão, permitindo a racionalização de estruturas e meios técnicos e humanos”.

O orçamento municipal de 2020 tinha já prevista a transferência de uma compensação financeira de 1,3 milhões.

PUBLICIDADE

A administração do Theatro, no estudo económico e financeiro de suporte à incorporação do gnration, calcula, para o período 2020-2024, uma poupança de quase 130 mil euros, atendendo a que “o incremento do contrato-programa decorrente desta operação é inferior ao montante adstrito ao gnration caso ela não ocorresse”.

A adenda ao contrato-programa estabelece “a aposta numa programação contemporânea de elevada qualidade, consistente com a estratégia cultural da cidade”.

Na reunião de vereadores estão, ainda, em análise, os relatórios anuais de contas das empresas municipais; a proposta de Investimento Social no âmbito do Programa de Parcerias para o Impacto aprovadas pelo ‘Portugal Inovação Social’; o protocolo de colaboração entre o município e a Associação Florestal do Cávado; contratos inter-administrativos de delegação de competências com várias freguesias e propostas de apoios financeiros.