AUTÁRQUICAS -
Candidata do Chega quer auditoria interna à Câmara de Braga

Eugénia Santos quer uma auditoria interna à Câmara de Braga de modo a “avaliar todos os procedimentos para combater a fraude” e promete mais transparência nos serviços autárquicos.

Num vídeo editado na sua página do Facebook, a cabeça-de-lista do Chega à Câmara, falando sobre a transparência e anticorrupção, defende não só uma auditoria interna ao município, mas ainda abrandamento do número de ajustes directos.

Jenny Santos explica que o objectivo de “reduzir drasticamente” os ajustes directos e realizar mais concursos públicos é de “promover a igualdade de concorrência, para dar a mesma oportunidade aos fornecedores e prestadores de serviços”.

PUBLICIDADE

Exige também maior rapidez nos processos de licenciamento, referindo que “é urgente para os empresários conseguirem ter as licenças muito mais rápido”, e o requerimento sem custos para o cidadão dos serviços municipais.