AMARES –  CAO da Valoriza encerrou actividades com arraial

AMARES –
CAO da Valoriza encerrou actividades com arraial

Quase 200 pessoas, entre utentes, familiares e amigos, dirigentes e colaboradores da Valoriza, juntaram-se esta noite de sexta-feira para a festa de encerramento de actividades do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) Ser Igual.

O ambiente de arraial, com espectáculos, actuações diversas, convívio e jantar com porco no espeto e caldo verde, permitiu uma «aproximação» entre todos, que «vai fortalecendo os laços que unem em torno desta causa», segundo Pedro Costa.

PUBLICIDADE

O presidente da IPSS que implementou o CAO em Amares há três anos referiu também que esta resposta que serve a problemática da deficiência mental adulta na região «já há algum tempo segue em velocidade de cruzeiro, com a ocupação de vagas estabilizada e com um trabalho de grande qualidade, que torna este CAO uma referência no serviço prestado».

Pedro Costa dirigiu ainda palavras aos funcionários e voluntários da instituição, referindo que «o colaborador padrão da Valoriza não é só um bom profissional, pois junta a isso características como dedicação, paixão e uma enorme sensibilidade».

«Estamos muito gratos pela vossa entrega», frisou.

Em representação do Município, a vereadora da Acção Social, Cidália Abreu, manifestou a sua admiração «pelo trabalho, dedicação e sensibilidade dos colaboradores desta resposta tão especial».

«A instituição está de parabéns e considero que este tipo de trabalho, seja quem for que esteja à frente dos destinos do Município deve e há-de ser sempre apoiado e acarinhado», sublinhou.