BRAGA – Centro de Braga volta a receber a partir de sexta-feira o Vinho Verde Fest

BRAGA –
Centro de Braga volta a receber a partir de sexta-feira o Vinho Verde Fest

Durante três dias, Braga recebe a maior festa do vinho verde com showcookings, concurso de melhor vinhos e lançamento de novas marcas. A 6.º do evento decorre nos dias 31 de Maio, 1 e 2 de Junho

As melhores marcas de Vinho Verde são promovidas e degustadas no evento a ter lugar na Praça da República (Arcada) e conta com a presença de mais de 150 referências de vinho verde.

PUBLICIDADE

Durante sexta, sábado e domingo, o evento é recheado de actividades, com showcookings e provas de vinhos e espumantes de vinho verde.

“Vamos ser três dias muito preenchidos com provas de vinhos documentadas, presença de grandes chefes da região o Chef Albano Lourenço dos Hotéis do Bom Jesus, o chef José Vinagre do Meliá e Chef Paulo Ramos da AESAcademy, assim como os finalistas do Minho Young Chef Award”, explica Altino Bessa, vereador do Turismo.

Durante o certame, é ainda realizado o lançamento da Cerveja da Adega de Ponte da Barca com a Letra e a eleição dos melhores vinhos verdes da feira de 36 produtores, todos com o selo do evento. “Temos seis distritos presentes e 48 municípios diferentes. É uma grande oportunidade para a activação de marca dos vinhos verdes junto dos consumidores”, explica Altino Bessa.

A edição de 2019 do Vinho Verde Festa realiza-se em simultâneo com a Expocidades – Mostra turística das cidades do Eixo Atlântico, com a representação de 30 cidades do norte de Portugal e da Galiza. “É uma sinergia perfeita na promoção da cultura, da gastronomia e do vinho dos dois países”, acrescenta Altino Bessa.

Esta é uma actividade que produz 200 milhões de euros de riqueza por ano na região e que exporta mais de 100 milhões anualmente. “Não só para a região, na ocupação de milhares de hectares ocupados para a produção deste vinho, é uma actividade muito importante para a criação de emprego, fomentar a economia local e a riqueza da região”, recorda o vereador.

Em 2018, as vendas de vinho verde para fora de Portugal atingiram 64 milhões de euros, a um preço médio de 2,2 a 2,3 euros por litro, segundo a Comissão de Viticultura. Os Estados Unidos e a Alemanha continuam a ser os principais mercados externos entre os “mais de 100” onde o vinho verde chega. França, Canadá, Reino Unido e Japão seguem-se na lista dos países que mais compram este vinho e “o mercado nacional tem-se comportado bem”, ficando com quase metade do vinho vendido.

O Vinho Verde Fest é organizado pela Câmara Municipal e a Associação Comercial de Braga. Pelo sexto ano consecutivo, o certame tem como objectivo divulgar novos produtos e sabores, na divulgação dos vinhos verdes da região do Minho. O evento pretende ainda dar a afirmar a importância desta categoria de vinho no âmbito nacional e internacional.

STANDS CONFIRMADOS

Escola Profissional de Fermil – Celorico de Basto
Casa da Tojeira
Vinha dos 9 – Vinhos e Turismo, Lda.
Quinta das Pereirinhas – Alvarinho de Monção, Lda.
Adega Ponte da Barca
Cavagri – Cooperativa Agrícola do Alto Cávado, C.R.L
Quinta da Raza, Lda.
Adega dos Leões
Casa da Tapada – Sociedade Agrícola S.A.
Quintas de Vila Garcia
Solar das Bouças  S.A.
Garantia das Quintas co. Agrícola Lda.
Quintas de Caiz
VerCoope União das Adegas Cooperativas da Região dos vinhos Verdes, UCRL
Miguel Barros Dias
Município de Vila Nova de Famalicão
Adega Molares Unipessoal Lda.
Quinta da Rabiana
Caves da Cerca S.A.
Quinta de Amares – Vinicultura, Lda
Socalcos do Bouro, Vitivinicultura Lda.
Vinhos Peixoto Rodrigues
Quinta da Calçada
Município da Póvoa de Lanhoso
Enoturismo Guimarães
Modera prova Sociedade Agrícola Lda.
Casa de Sezim, S.A.
Vale da Cancela Estates, Lda.
Rota dos Vinhos do Marco
Soc. Agr. Casa de Vilacetinho, S.A.
Terras de São Martinho – Sociedade Agrícola, Lda.
Vitor Agostinho Vieira Mendes
EPAMAC