AMARES – Comissão quer que Câmara de Amares atribua Medalha de Honra a António Variações

AMARES –
Comissão quer que Câmara de Amares atribua Medalha de Honra a António Variações

A Comissão Promotora da Homenagem a António Variações enviou recentemente ao presidente da Câmara de Amares uma proposta de atribuição da Medalha de Honra do Município de Amares a António Variações.

A proposta tem os testemunhos de Cândida Ramoa, Carlos Dobreira, Fabíola Lopes, Maria Etelvina Sá e Rueffa, que integram esta Comissão, criada no ano passado para evocar o cantor nascido em Fiscal.

Para além destes testemunhos, na proposta, é feita a contextualização da vida e obra, a origem familiar do cantor e uma reflexão sobre o «senhor pensador» António Variações, numa «introspecção sobre o ser humano e o ser português no Mundo».

PUBLICIDADE

HOMENAGENS EM FISCAL E AMARES

A Comissão Promotora da Homenagem a António Variações vai também homenagear o cantor amarense no próximo dia de Santo António, 13 de Junho, quando se assinalam 35 anos desde a sua morte.

Em Braga, junto à Pastelaria Veneza (Avenida Central), às 10h00, realiza-se um breve momento de declamação das canções Anjo da Guarda e Estou Além. A declamação estará a cargo dos alunos do 1 ° ano do Colégio D. Pedro V, de Braga.

Em Fiscal, no Cemitério Paroquial, pelas 18h45, ocorrerá a declamação de poema inédito de António Variações, seguindo-se um momento musical com a interpretação da canção “Quero é viver”, por  Rogério Braga (guitarra e voz), acompanhado por Rosana Lopes (violino), Rita Fernandes (viola de arco) e Pedro Gil (violoncelo). Às 19h00, haverá lugar à deposição de uma grinalda de rosas na campa do cantor.