REGIÃO -
Edição de 2021 do “Poliempreende” do IPCA com «números históricos» 

A edição regional do “Poliempreende 2021”, do IPCA, está a ser «histórica», registando a participação de «25 equipas e cerca de 80 estudantes e alumni, em representação de 18 cursos de todos os ciclos de estudo das cinco Escolas da instituição».

A edição vai terminar no dia 30 de Julho, quando as equipas defenderem os respectivos projectos perante um júri. Os três melhores serão premiados e a equipa vencedora irá representar o IPCA no concurso nacional, que terá lugar no Instituto Politécnico de Santarém, de 13 a 16 de Setembro.

O arranque do ”Poliempreende” de 2021, financiado pelo Projecto “Link Me Up – 1000 Ideias”, arrancou no passado dia 23 de Junho, com a primeira sessão “PITCH de apresentação das ideias”.

PUBLICIDADE

Segundo Adriana Lago de Carvalho, directora executiva do “Praxis 21″ do IPCA, «este ano temos algumas novidades, como um sistema de mentoria mais individualizado para cada projecto e a possibilidade das três primeiras equipas contarem com apoio especializado para o desenvolvimento de protótipo e prova de conceito».

Para além de 100 horas de mentoria especializada, são dinamizadas seis acções de capacitação em áreas cruciais de transformação dessas ideias em projectos de negócio: Geração de Ideias e Modelos de Negócios, Plano de Negócios, Minimum Viable Product, Análise Económica e Financeira, Comunicação e Marketing e BUILD myPitch.

«O objectivo principal é criar um ambiente favorável à co-criação e à inovação, e dotar as equipas de ferramentas essenciais para avançarem com os seus projectos», explica Adriana Lago de Carvalho.

Criado em 2013, o “Poliempreende” é uma rede de instituições de ensino superior destinada a «fomentar uma cultura empreendedora, que impulsione o desenvolvimento de competências relevantes para o mercado de trabalho».

Através de um concurso de ideias e de planos de negócios, o “Poliempreende” visa «avaliar e premiar projectos desenvolvidos e apresentados por alunos, diplomados ou docentes do ensino superior politécnico, ou outras pessoas, desde que integrem equipas constituídas por estudantes e/ou diplomados».