RELIGIÃO – «Era um homem de causas e por onde passou deixou a sua marca»

RELIGIÃO –
«Era um homem de causas e por onde passou deixou a sua marca»

No dia em que se assinala S. Bento como Pai e Padroeiro da Europa realizou-se também, na descida da Cripta de S. Bento da Porta Aberta, uma homenagem ao Cónego Fernando Monteiro, ele que foi presidente da Irmandade de S. Bento da Porta Aberta e que faleceu em Janeiro do presente ano. Durante a inauguração de um busto em honra do homenageado, o Arcebispo de Braga e Primaz das Espanhas, D. Jorge Ortiga, afirmou que o Cónego Fernando Monteiro «era um homem de causas e por onde passou deixou a sua marca».

D. Jorge Ortiga referiu ainda que «o Cónego Fernando Monteiro está aqui, continua connosco e deverá continuar sempre presente para os seus amigos e familiares».

«A sua vida é o exemplo de como completar a missão que Deus nos confiou e cabe-nos cumprir também essa missão», acrescentou.

PUBLICIDADE

Já Carlos Aguiar Gomes, Mesário da Irmandade de S. Bento da Porta Aberta, destacou que o «Cónego Fernando Monteiro está agora eternizado através desta homenagem e esta representação em mármore e granito».

«Era um homem que tomava as decisões com reflexão», concluiu.

O momento contou ainda com um momento musical protagonizado pelo Coro do Sameiro.