TERRAS DE BOURO – Especialistas reunidos no Campo do Gerês nas Jornadas Técnicas sobre os Carvalhos

TERRAS DE BOURO –
Especialistas reunidos no Campo do Gerês nas Jornadas Técnicas sobre os Carvalhos

Foi com um auditório totalmente repleto que arrancou, esta sexta-feira, nova edição das Jornadas Técnicas sobre os Carvalhos, que decorrem no Campo do Gerês, em Terras de Bouro. Este sábado, o Núcleo Museológico volta a acolher conferências e “workshops”. Para domingo, está reservada uma actividade prática.

Este ano, as Jornadas Técnicas têm como tema principal “Educar para a Floresta Autóctone”, dividido em três abordagens distintas: “Educar para o futuro”, “Educar para amanhã” e “Educar para beneficiar”.

PUBLICIDADE

Segundo o presidente da ATAHCA, José da Mota Alves, a iniciativa pretende «promover uma reflexão sobre a floresta e o território, procurando sensibilizar e assim minimizar as problemáticas».

A iniciativa conta com a presença de vários especialistas de diversas instituições nacionais.

Para Mota Alves, «o carvalho, a médio prazo, é tão ou muito mais rentável que o eucalipto, pois reserva uma série de vantagens relacionadas com a biodiversidade da paisagem, com toda a fauna e flora associada, que é completamente diferente das espécies de crescimento rápido».