BRAGA -
Estacionamento à superfície volta a ser cobrado a partir de segunda-feira

O estacionamento à superfície na Cidade de Braga volta a ser cobrado a partir desta segunda-feira, informa a câmara de Braga. Após consumado o resgate da concessão, a Polícia Municipal passará agora a fiscalizar os parquímetros instalados nas ruas que estavam sob a alçada da empresa concessionária.

Assim, a cobrança ocorre nas as seguintes zonas de estacionamento de duração limitada com controlo por parquímetros:

PUBLICIDADE

Avenida Central;

Avenida General Norton de Matos, desde a Praça Alexandre Herculano até à Rua Gabriel Pereira de Castro;

Avenida Padre Júlio Fragata (Praceta);

Avenida S. Miguel-o-Anjo;

Campo das Hortas;

Largo de Santiago;

Largo Paulo Orósio;

Praça do Comércio;

Praça do Município;

Praceta João XXI;

Praceta Padre Diamantino Martins;

Rua 25 de Abril, a poente da Avenida da Liberdade;

Rua Américo Ferreira de Carvalho, no largo em frente ao edifício escolar;

Rua Bernardo Sequeira, lado poente entre a Avenida João XXI e a Rua Dr. Francisco Duarte;

Rua Cruz de Pedra;

Rua D. Afonso Henriques/Largo de S. João do Souto, desde a Rua Frei Caetano Brandão até ao Largo Carlos Amarante;

Rua D. Frei Caetano Brandão, desde a Praça Conselheiro Torres de Almeida até à Rua D. Afonso Henriques;

Rua D. Paio Mendes;

Rua da Boavista, desde a Praça Conselheiro Torres de Almeida até à Avenida António Macedo;

Rua de Damão;

Rua de S. Paulo;

Rua de Santo António;

Rua do Alcaide;

Rua do Caires;

Rua do Carmo/Travessa do Carmo;

Rua do Sardoal;

Rua dos Chãos;

Rua Dr. Costa Júnior;

Rua Dr. Francisco Duarte;

Rua Marcelino Sá Pires;

Rua Fernando Namora;

Rua Sá de Miranda e arruamento da Previdência.

 

A estas artérias da Cidade com parquímetros, é acrescentada a Rua de Camões, devido a um novo regime de excepção implementado pelo Município a pedido dos moradores da zona.

[email protected]