PAÍS -
«Estamos numa fase que assenta na responsabilidade individual»

O Primeiro-Ministro, António Costa, sublinhou esta quinta-feria, em conferência de imprensa que decorreu no final da reunião do Conselho de Minitros, que «entramos numa fase que assenta na responsabilidade individual», acrescentando que «não podemos esquecer que a pandemia não acabou».

Segundo António Costa, apesar de poder ser considerada «controlada a partir do momento em que tenhamos 85% da população vacinada, o risco permanece».

«As vacinas não asseguram 100% de imunidade. Sabemos que há uma faixa muito pequena de recusas de vacinação. Sabemos que toda a população com menos de 12 anos não está vacinada e, por isso, o risco existe», alertou.

PUBLICIDADE