AMBIENTE - Estudantes de Braga manifestam-se para exigir “açções concretas” para salvar o planeta

AMBIENTE -
Estudantes de Braga manifestam-se para exigir “açções concretas” para salvar o planeta

“O planeta unido jamais será vencido” e “Os estudantes unidos jamais serão vencidos”, foram as palavras de ordem mais ouvidas esta sexta-feira, em Braga, durante a Greve Estudantil pelo Clima.

A Arcada foi o ponto escolhido pelas cerca de três centenas de estudantes bracarenses que faltaram às aulas para se associarem à greve ‘decretada’ por associações estudantis, organizações nacionais e internacionais.

Estudantes do 2.º, 3.ª ciclos e do ensino superior, juntavam-se, assim, a outros de 106 países, num total de cerca de 1. 700 manifestações, duas dezenas delas realizadas em Portugal, todas com o mesmo objectivo: exigir dos líderes políticos “acções concretas” para “salvar um planeta doente”.

PUBLICIDADE

No final da concentração, os manifestantes, sobretudo do ensino secundário, desfilaram pelas ruas centro histórico, de forma ordeira e barulhenta. “Deixem passar, sou activista e o planeta vou salvar” e “António [Costa] não quer saber e a costa a desaparecer” foram outas das palavras de ordem escolhidas para a ‘manif’.