CALDELAS - Festival do Bacalhau e dos Petiscos em Caldelas de 12 a 14 de Julho

CALDELAS -
Festival do Bacalhau e dos Petiscos em Caldelas de 12 a 14 de Julho

Entre os dias 12 e 14 de Julho, o Parque das Termas de Caldelas vai acolher a IV edição do Festival do Bacalhau e dos Petiscos, uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Amares e pela Junta de União de Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos. O Presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, apontou, esta manhã, no decorrer da apresentação pública do Festival, na loja de Turismo da Vila de Caldelas, que este é um evento «muito importante na economia do Concelho» e que tem «atraído muita gente a Amares».

Com o objectivo de promover a gastronomia amarense e atrair visitantes ao Concelho, o Festival do Bacalhau e dos Petiscos volta ao parque das termas de Caldelas dentro dos mesmos moldes e com o intuito de valorizar o espírito típico dos arraiais minhotos.

Para este ano, a novidade assenta na introdução de um “kit” de louça própria.

PUBLICIDADE

«Este Festival está cada vez mais consolidado e dentro dos próximos um ou dois anos procuraremos que ganhe mais impacto, nome e projecção. Pode até ganhar uma dimensão e projecção diferente, mas terá de ser repensado quanto ao seu modelo. Nesta edição, a grande novidade será a louça específica do evento, um prato alusivo ao Festival e que será entregue aos visitantes, que assim terão um kit, à semelhança do que foi feito com o Festival das Papas», revelou o vice-presidente da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo.

Relativamente à logística do evento – para além da introdução do “kit” de louça personalizada – haverá também um «ligeiro» alargamento da área coberta e quatro restaurantes aderentes e com menus onde reina o bacalhau. O restaurante Correia e o restaurante Vale do Homem, que repetem a participação, e os restaurante Torres (Vila Verde) e Quinta do Covo (Caldelas). «Há um menu fixo de seis euros, que inclui prato e bebida, tal como no ano passado», afirmou Isidro Araújo. Quanto aos Vinhos Verde de Amares, voltam a ser o destaque da carta.

Garantida está também muita animação popular, que pretende invadir o recinto com o típico espírito do arraial minhoto. No sábado à noite, há “desgarrada” com Anjinho e Diana Monteiro.

O Festival do Bacalhau e dos Petiscos abre às 19h00 de sexta-feira, 12 de Julho, e estende-se até cerca das 22h00 de domingo, dia 14.

PARCERIA COM A ASSOCIAÇÃO DAS MARCHAS DE CALDELAS

A Associação das Marchas de Caldelas estará também ela representada no festival, com uma tenda de venda de sobremesas confeccionadas pelos seus elementos.

«POLÍTICA DE DESCENTRALIZAÇÃO TEM TIDO RESULTADOS»

O Presidente de Junta da União de Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, João Almeida, destacou que este é um Festival que «está consolidado» e que assenta numa «política de descentralização dos eventos culturais no Concelho de Amares. É uma ideia fantástica deste executivo e que tem tido resultados, quer seja pelas pessoas que nos visitam quer pelo bom ambiente que aqui se cria»», vincou.

«CASAS DE TURISMO ESTÃO CHEIAS»

Já o Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, enalteceu o facto das casas de turismo e alojamento local registarem uma «grande procura» nestas alturas, algo que «é muito importante e interessante» e «fruto do trabalho de promoção do território que tem sido feito. Tanto o Vira Pop como o Festival do Bacalhau têm um peso importante na economia de Caldelas e de Amares e isso vê-se na procura por estes locais».