BRAGA

BRAGA -
Festival Vaudeville Rendez-Vous é «exemplo de colaboração na área cultural»

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous está de regresso entre os dias 18 e 23 de Julho. O festival de artes de rua e circo contemporâneo, promovido pelo Teatro da Didascália, decorre nas cidades que compõem o Quadrilátero Cultural, as quais Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão, mostrando-se com um «exemplo de colaboração intermunicipal em prol da cultura».

Na edição deste ano, o festival dá «continuidade ao compromisso no apoio à criação», que se revela «fundamental para a progressiva estruturação e sustentabilidade na área do circo em Portugal».

«Este festival é um excelente exemplo de colaboração entre quatro municípios numa área tão crucial como é a Cultura. Braga, Barcelos, Guimarães e Famalicão, unem-se na partilha de recursos, alinham programações e corporizam o compromisso com o eclectismo cultural, com a diversidade e com a promoção de diversas manifestações artísticas, colocando as Cidades no centro do desenvolvimento da arte», referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a apresentação desta oitava edição que decorreu esta quarta-feira, no Mosteiro de Tibães.

PUBLICIDADE

Ao longo de quatro dias, o evento conta com um total de 11 os espectáculos – dos quais cinco estreias nacionais, duas co-produções e sete espectáculos internacionais. A programação contempla, ainda, quatro oficinas de criação – dirigidas a públicos específicos de cada Cidade –, uma master classe para estudantes, profissionais ou, simplesmente, curiosos, das artes performativas, e, também, uma sessão de pitching.

Na apresentação, que contou ainda com a presença dos responsáveis pelos pelouros da Cultura das Câmaras Municipais de Barcelos, Maria Elisa Braga, de Guimarães, Paulo Silva, e de Vila Nova de Famalicão, Pedro Oliveira, o autarca bracarense lembrou que para uma Cidade como Braga, candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027, este evento assume especial importância.

«É a partir da força regional que pretendemos dinamizar a internacionalização da Cultura e dos artistas portugueses, beneficiando ainda das redes europeias que este Festival integra», sustentou.

Com uma aposta na valorização e projecção do circo contemporâneo, onde o público é desafiado a tirar partido do património cultural de cada território, o festival internacional aposta também numa «programação com o objectivo de reflectir sobre o grande palco que acolhe as suas criações: o espaço público».

A edição de 2022 fica, assim, marcada pela recuperação da relação aberta com este espaço e pela promoção da itinerância pelas diferentes cidades envolvidas, que procura surpreender o quotidiano dos Cidadãos.

A finalizar, Ricardo Rio destacou o «excelente trabalho da Cooperativa Cultural Teatro da Didascália», que «tem contribuído para o desenvolvimento de públicos na região e, simultaneamente, para o fortalecimento da coesão do nosso território».

Toda a programação do Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous está disponível no site do evento em: https://teatrodadidascalia.com/vaudeville-rendez-vous/

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS