ACTIVIDADE OPERACIONAL -
GNR deteve 384 pessoas em flagrante delito durante a última semana

A GNR realizou, para além da sua actividade operacional diária, um conjunto de operações em todo o território nacional, entre os dias 17 e 23 de Julho, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contra-ordenacional. Durante as operações foram detidas 384 pessoas em flagrante delito.

Desse total, 180 foram detidos por condução sob o efeito do álcool; 74 por condução sem habilitação legal; 33 por tráfico de estupefacientes; 19 por furto e roubo; 13 por posse ilegal de armas; cinco por incêndio florestal; três por posse de armas proibidas e um por violência doméstica.

Durante as operações foram ainda apreendidas 82 945 doses de haxixe; 272 doses de plantas de cannabis; 153 doses de cocaína; 129 doses de cannabis; 55 doses de anfetaminas; 22 doses MDMA; 21 doses de heroína; 15 armas de fogo; oito armas brancas; 150 munições de diversos calibres; 18 veículos; 3 400 00 cigarros; 4 190 quilos de bivalves e 16 551 euros em numerário.

PUBLICIDADE

Ao nível do trânsito e durante a fiscalização foram detectadas 7 551 infracções, destacando-se, 1 443 excessos de velocidade; 401 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças; 357 relacionadas com tacógrafos; 342 por falta de inspeção periódica obrigatória; 335 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização; 323 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 245 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução e 200 por falta de seguro de responsabilidade civil.