POLÍTICA

POLÍTICA -
Gonçalo Alves é candidato à Comissão Política do PS Amares

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Gonçalo Alves vai encabeçar uma candidatura à Comissão Política do PS de Amares, garantindo estar «disponível para o partido em nome da coesão e unidade» e para dar continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido.

O actual presidente da Assembleia de Freguesia de Ferreiros, Prozelo e Besteiros é o segundo candidato anunciado à presidência da estrutura socialista, entrando na disputa com Domingos Júlio Silva, que há muito anunciara a candidatura.

PUBLICIDADE

«Nos últimos dois anos, sob liderança do Pedro Costa, o PS Amares foi capaz de trabalhar um sentido de unidade partidária sem perder de vista aquele que deve ser o fim último dos partidos políticos: servir as populações, servir Amares. Neste caminho, o PS cresceu, tornou-se credível e subiu na confiança dos amarenses, como espelham os resultados das últimas Eleições Autárquicas e Legislativas», refere.

Ao jornal “O Amarense”, Gonçalo Alves defende que, «a bem dos superiores interesses do concelho», o «caminho de unidade deveria continuar a fortalecer cada vez mais o PS Amares para que o partido se constitua como uma alternativa credível nos próximos actos eleitorais».

«Este caminho exige espírito de missão, mas acima de tudo respeito pelos amarenses, valorizando todos os militantes, respeitando todos os eleitos, todos os que defendem agora e defenderam no passado o ideário socialista e todos os que no futuro se aproximem do partido com vista ao seu crescimento. Não afastando ninguém», assegura.

Afirmando que a sua candidatura «surge num momento em que a desejada unidade foi fragilizada», garante que procurará a «agregação de todos os militantes e membros da sociedade civil, num forte consenso em volta de um projecto que não colocará em causa a união e a responsabilidade partidária que a todos é exigida».

«Continuarei disponível na procura de uma solução que não coloque em causa a coesão do partido e que consiga manter presentes aqueles que hoje trabalham para o engrandecimento do partido em Amares, procurando ser uma solução agregadora e mobilizadora de muitos amarenses, que tanto têm para dar à sua terra», frisa o candidato.

DOMINGOS JÚLIO ULTIMA CANDIDATURA

Noticiada pelo jornal “O Amarense” na edição de Março, a candidatura de Domingos Júlio Silva à liderança da Comissão Política do PS de Amares avança sob o mote “Unir para vencer Amares”.

«Pretendo trazer para o PS Amares trabalho e experiência, adquirida enquanto líder da Concelhia entre 2001 e 2008 e como número dois do partido nas últimas duas Comissões Políticas», refere.

Membro da Assembleia Municipal, Domingos Júlio entende que «só um partido forte e unido é capaz de agregar independentes e de se abrir à sociedade civil».

«Só agregando é que seremos capazes de responder aos desafios actuais e futuros de desenvolvimento económico e social sustentado no concelho de Amares, sem deixar ninguém para trás. O meu compromisso é voltar a unir para vencer Amares, não pretendendo nenhum lugar de destaque. Apenas desejo promover o diálogo, sem excluir ninguém do processo. Aliás, como sempre disse, conto com todos e não pretendo afastar quem quer que seja, embora haja pessoas que achem isso», frisa.

Tudo sobre as eleições do PS Amares na edição impressa de Agosto, nas bancas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS