REGIÃO -
Guimarães lança campanha ‘Toalhas ao Alto’ para promoção integrada do território

‘Toalhas Ao Alto’ é o tema da campanha de promoção do território nacional, numa iniciativa promovida pela Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, pelo Turismo de Portugal e Câmara Municipal de Guimarães, que recusa “atirar a toalha ao chão nestes tempos difíceis”.

Foram produzidas 1.128 toalhas, numa alusão ao ano da histórica da Batalha de S. Mamede, tendo o desenho ‘Camões salva os Lusíadas’ com a assinatura do artista plástico José de Guimarães.

Esta iniciativa tem o propósito de impulsionar o sector turístico assente em quatro pilares: história, geografia, cultura e economia. 

PUBLICIDADE

O presidente da entidade Turismo Porto e Norte, Luís Pedro Martins, afirmou na apresentação pública decorreu esta sexta-feira, em Guimarães, que a Cidade Berço “serve de exemplo pela ligação estabelecida com as diversas áreas, através do seu património, da gastronomia, natureza e a ligação à indústria têxtil”. 

Vincou a necessidade de “manter o sector do turismo animado” a fim de “resistir a este tempo difícil”. Apontou ainda como objectivo um programa que visa agregar as cidades distinguidas como Património Mundial para complementar uma diferente oferta turística, numa ligação da região norte a Castela.

Cada Região de Turismo do país vai ter a sua própria toalha, simbólica de cada uma das cinco regiões, assim como os Açores e Madeira.

 “Num ano em que que precisamos de reafirmar a nossa fibra, juntámos cultura, indústria têxtil e nacionalidade, e lançamos um manifesto de resiliência em forma de toalha de praia”, assinalou o mentor deste projecto, Carlos Coelho.

O presidente da Câmara, Domingos Bragança, apontou o “simbolismo” desta iniciativa numa relação histórica com a origem de Portugal. 

“Nunca deitaremos a toalha ao chão e é assim que Guimarães evidencia a sua resiliência nestes tempos mais difíceis, à semelhança do que é a nossa história e do que foi o nosso primeiro rei”, numa alusão às conquistas de D. Afonso Henriques. 

Domingos Bragança sublinhou ainda a “forte componente” do território vimaranense na área do património, história, cultura e indústria têxtil, através de um posicionamento estratégico que resulta numa “identidade forte” de Guimarães.

Esta campanha conta ainda como parceiros a Ivity Brand Corp, A Bela e o Monstro, jornal Público, Associação da Hotelaria de Portugal e as empresas Têxteis JF Almeida e Grupo Lasa.