JUSTIÇA – Homem condenado por abusar sexualmente de rapariga de 13 anos

JUSTIÇA –
Homem condenado por abusar sexualmente de rapariga de 13 anos

Abusou sexualmente de uma rapariga de 13 anos, na casa onde vivia, em Vieira do Minho. Foi condenado por esse crime e por violência doméstica a uma pena de três anos e oito meses de prisão, suspensos por igual período.

O homem, hoje com 43 anos, viveu, entre 2010 e 2015, com a companheira, que irmã, mais velha, da rapariga.

PUBLICIDADE

Em 2011, de forma inexplicável, começou a insultar a jovem, então com 10 anos, e dar-lhe “porrada” com uma vassoura e uma colher de pau.

Em Agosto, deu-lhe vários pontapés na barriga, já com ela no chão, pondo-lhe, ainda, um pé na cara.

Em 2012, atirou-lhe com uma bola de basquetebol, magoando-a no peito e nos seios. No ano seguinte, passou aos ataques sexuais: dava-lhe palmadas no rabo, apalpava-a nas nádegas e nas mamas. E espreitava-a na casa de banho.

Em 2014, passou aos actos sexuais «de relevo». Certo dia, obrigou-a a deitar-se na cama dele, apalpou-a toda, incluindo na vagina e nos peitos. E pôs-se em cima dela, em cuecas.

«Ai de ti que digas a alguém!», dizia, ameaçando-a de que voltaria a levar pancada.

O caso veio a ser descoberto pela família e comunicado à GNR.