BRAGA - -
INL abre candidaturas para bolsas de curta duração a investigadores

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), de Braga, vai implementar um Programa de Mobilidade de curto prazo que consiste na atribuição de 10 vagas para residências de curta duração no INL (até 8 semanas) a investigadores da indústria e da comunidade científica.

O organismo adiantou hoje que “os investigadores interessados podem apresentar a sua candidatura até ao dia 1 de junho de 2019, sendo que a primeira data de seleção dos candidatados ocorre já a 1 de setembro”.

O objetivo do Programa é o de “fomentar a investigação colaborativa nos projetos de inovação e promover o ecossistema nanotecnológico, dando a oportunidade aos participantes de trabalharem com os melhores especialistas em diversas áreas da nanotecnologia”.

PUBLICIDADE

INOVAÇÃO

Na ocasião, os participantes conhecerão as infraestruturas do INL, aprenderão as técnicas de investigação e acompanharão as atividades de investigação em curso: Irão, ainda, identificar oportunidades de inovação com base na nanotecnologia; participar em seminários e workshops que estejam a decorrer no INL; desenvolver atividades docentes e divulgativas; apoiar na preparação de propostas de projetos europeus, entre outras atividades.

“Esta ação é uma excelente oportunidade para a interação dos investigadores do INL com a indústria e comunidade científica, a fim de promover uma colaboração futura de investigação e a transferência de nanotecnologia. Por outro lado, o INL contribui para a criação de massa crítica especializada nestas áreas, nas regiões transfronteiriças entre Portugal e Espanha, ao mesmo que promove a ligação entre centros de I&D/universidades e empresas”, explica Sonia Pazos, responsável pelo projeto nanoGateway do INL.