POLÉMICA Junta e Câmara exigem ao Arcebispo a saída do padre do Gerês

POLÉMICA
Junta e Câmara exigem ao Arcebispo a saída do padre do Gerês

A Junta de Freguesia de Vilar da Veiga e a Câmara Municipal de Terras de Bouro uniram esforços para pedir a saída do pároco da Vila do Gerês ao Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, durante uma reunião realizada esta terça-feira.

O autarca de Vilar da Veiga, António Príncipe, explicou que o encontro serviu para dar conhecimento ao Arcebispo do ocorrido no passado sábado, quando a missa de comemoração do “Gerês Vila” não se realizou nem a capela foi aberta.

PUBLICIDADE

«O padre não tem condições para se manter cá. A partir do momento em que fechou as portas aos próprios paroquianos, deixando-os fora da capela, perdeu todas as condições», frisou.

Príncipe admite que possam existir «motivações políticas» na atitude de Marcelo Correia, que é o pároco de Vilar da Veiga, freguesia onde se inclui a Vila do Gerês, desde 2004.

Apesar das várias insistências, o jornal “O Amarense & Caderno de Terras de Bouro” continua sem conseguir contactar o sacerdote.