TERRAS DE BOURO - Largada biológica de insecto parasita para controlar presença da vespa das galhas do castanheiro

TERRAS DE BOURO -
Largada biológica de insecto parasita para controlar presença da vespa das galhas do castanheiro

Depois de sinalizada a presença da vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus) no concelho de Terras de Bouro e dado que a praga representa uma ameaça para os soutos da região, a Câmara Municipal, através do Gabinete de Apoio ao Agricultor e em colaboração com a Direcção Regional de Agricultura e Pesas do Norte e a RefCast – Associação Portuguesa da Castanha, realizou, esta sexta-feira, duas largadas biológicas do insecto parasita “Torymus Sinensis”, nas freguesias de Moimenta e Chamoim.

A vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus é considerada «uma praga para os castanheiros ao atacar os gomos foliares e formar galhas, reduzindo o crescimento dos ramos e a frutificação, podendo diminuir drasticamente a produção e a qualidade da castanha», pode ler-se em comunicado enviado.

PUBLICIDADE