BRAGA

BRAGA -
Maioria chumba proposta para aumento da comparticipação camarária no custo das refeições escolares

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A maioria PSD/CDS chumbou, esta segunda-feira, na reunião do executivo municipal de Braga, a proposta apresentada pelos vereadores do PS para que a participação autárquica no serviço de refeições escolares nos jardins de infância e escolas do 1º ciclo suba para 3,55 euros por cada refeição fornecida, em vez dos actuais 2,90 euros.

O presidente da Câmara, Ricardo Rio, disse ao jornal “O Amarense” que anualmente o Município já investe 1,5 milhões de euros a custear as refeições e a proposta socialista traduzir-se-ia num aumento anual de um milhão de euros.

PUBLICIDADE

“Ao que sabemos, os fornecedores de refeições entendem que o preço é satisfatório mesmo na actual conjuntura. E, de resto, esta é uma competência do Governo e do Ministério da Educação e que está em negociação com a Associação Nacional de Municípios no quadro da discussão sobre a transferência de competências para os municípios”, referiu.

Na reunião, o PS votou a favor, tendo o vereador Artur Feio lamentando a postura da maioria e dizendo que espera não vir a ter razão antes do tempo.

A vereadora da CDU, Bárbara Barros, absteve-se, como tem feito sempre nesta matéria, por entender que se trata de uma obrigação governamental que não devia ter sido passada para as autarquias.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS