PASSEIO ANUALMais de 1700 amarenses em passeio convívio à Batalha

PASSEIO ANUAL
Mais de 1700 amarenses em passeio convívio à Batalha

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

Cerca de 1700 pessoas participaram no anual passeio convívio concelhio dinamizado pela Câmara Municipal de Amares, com a colaboração das Juntas de Freguesia locais. Desta vez, o destino escolhido foi o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, mais conhecido por Mosteiro da Batalha.

«Este que é por norma um dia marcado pela partilha, descoberta de novos lugares, boa disposição e sorrisos contagiantes dos milhares de seniores do concelho, este ano não foi exceção e a ocasião foi um momento privilegiado para o reencontro e convívio com amigos de outras freguesias, bem como para desfrutar de novas experiências», refere a Câmara, em comunicado.

PUBLICIDADE

A vereadora da Acção Social, Cidália Abreu, explicou que o objectivo foi «proporcionar mais um belo momento de convívio, de partilha, de encontros e reencontros mas também dar oportunidade aos participantes para descobrirem e conhecer novos locais do país que, muitas vezes, não estão acessíveis a todos no dia-a-dia».

«Pelo feedback que fomos tendo ao longo do dia penso que correspondemos às expetativas dos seniores do concelho que se mostraram agradados, quer com o itinerário, quer como almoço convívio, que lhes foi proporcionado num espaço diferente e agradável», acrescentou Cidália Abreu em jeito de balanço.

Na organização deste passeio convívio concelhio a Câmara Municipal de Amares contou com a colaboração de todas as Juntas de Freguesia do concelho e dos colabores do Município, bem como com o apoio da Delegação de Amares da Cruz Vermelha Portuguesa, dos Bombeiros Voluntários de Amares e do Centro de Saúde de Amares, que acompanharam todo o percurso disponibilizando os seus serviços aos participantes.

A eucaristia foi presidida pelo Arcipreste do concelho, Avelino Mendes, que se fez acompanhar pelos párocos José Almeida, Nuno Oliveira, Serafim Fernandes e pelo diácono Rui Araújo, num momento que contou com os cânticos da professora Filomena Araújo.

«A todos, sem exceção, o executivo municipal endereça um agradecimento especial», diz a autarquia.