REGIÃO -
Minho com dois novos doentes e mais dois recuperados. DGS faz acerto dos números de sábado

De acordo com o boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo, o distrito de Braga regista 3.490 casos, mais dois casos nas últimas 24 horas, depois de ter registado um aumento de 53 casos no sábado.

O concelho de Vizela é o que regista maior aumento de casos, mais dois, somando agora 151.

O distrito de Viana do Castelo não há qualquer registo de aumento de doentes. Pelo contrário. No boletim deste domingo, DGS conta dois casos de recuperação – um em Caminha e outro na Ponte da Barca. 

PUBLICIDADE

O distrito, feito o acerto, conta com 530 infecções.

O aumento de 63 casos no Minho de sábado deveu-se, segundo a ministra da Saúde, ao facto de algumas administrações de saúde terem acumulado os dados dos últimos dias e só os terem comunicado em conjunto a tempo de entrarem na estatística daquele dia. 

Minho totaliza, assim, 4.030 infectados.

Relatório completo da situação a 7 de Junho em https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2020/06/97_DGS_boletim_20200607.pdf

COVID-19 POR CONCELHO (DGS)

DISTRITO DE BRAGA

Braga –1.256 

Guimarães – 725 

Vila Nova de Famalicão – 404 

Barcelos – 307 

Vila Verde – 237 

Vizela – 151 (+2)

Fafe -125 

Amares – 78

Póvoa de Lanhoso – 62 

Esposende – 50 

Vieira do Minho – 44

Celorico de Basto – 23

Cabeceiras de Basto – 18

Terras de Bouro – 10

 

DISTRITO DE VIANA DO CASTELO

Viana do Castelo – 192 

Monção – 118 

Arcos de Valdevez – 74 

Melgaço – 64 

Ponte de Lima – 35

Caminha –  20 (-1)*

Valença – 15 

Paredes de Coura – 7

Vila Nova de Cerveira- 9

Ponte da Barca – 6 (-1)*

*Diferença indica caso recuperado.

Dados recolhidos até as 00h00 de sábado e actualizados às 11h00 deste domingo.

Nota: A informação apresentada refere-se ao total de notificações médicas no sistema SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica), não incluindo notificações laboratoriais. Como tal, pode não corresponder à totalidade dos casos por concelho. Quando os casos confirmados são inferiores a 3 num concelho, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados. 

Foto: Capela de São João da Ponte, Braga/PressMinho