REGIÃO -
Município de Ponte de Lima aposta na valorização do Caminho Português para Santiago

A autarquia de Ponte de Lima viu ser aprovada uma candidatura apresentada ao Norte2020, que incluiu «vários projetos de restauro e qualificação de espaços associados ao Caminho Português para Santiago de Compostela. O investimento, no valor total de 812.609,51€, tem uma taxa de comparticipação de 85%».

Em nota enviada, o Município adianta que «estão previstas várias acções para este ano, tendo já avançado a requalificação do Caminho e Ponte do Arquinho. Prevê-se também o restauro integral, e abertura ao público, de uma das poucas capelas dedicada a Santiago de Compostela, outrora pertencente à Casa de Bragança e, antes desta, à Igreja Compostelana, em pleno Caminho Português de Santiago, na freguesia da Correlhã. Acresce a esta capela a «intervenção no atual Museu dos Terceiros, extinto convento franciscano do século XV, que teria uma das mais antigas hospedarias onde pernoitavam peregrinos».

ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E PROMOÇÃO DO CAMINHO

PUBLICIDADE

Durante o próximo ano de 2021 estão programadas várias «atividades de animação e promoção do Caminho, como são exemplo as work meetings, promovidas em parceria com a Associação dos Amigos do Caminho Português de Santiago, exposições e dinamizações alusivas ao tema».

RESTAURO DA CAPELA-ABRIGO DO ANJO DA GUARDA 

Foi ainda integrada na candidatura a «conservação e restauro da Capela-Abrigo do Anjo da Guarda, classificada como Monumento Nacional, de importância singular dado tratar-se de um exemplar medieval, de traça arquitectónica invulgar», acrescentam.