TERRAS DE BOURO - Município de Terras de Bouro participou no Congresso Internacional de Termalismo em Lóbios

TERRAS DE BOURO -
Município de Terras de Bouro participou no Congresso Internacional de Termalismo em Lóbios

O Projecto “Raia Termal”, do qual o Município de Terras de Bouro é parceiro, reuniu em Lóbios, entre 17 e 19 de Setembro, durante o Congresso Internacional de Termalismo, onde especialistas de mais de 17 países analisaram e debateram o papel do Termalismo no desenvolvimento dos territórios “Raianos” mais afectados pela desertificação.

Na cerimónia de abertura, os parceiros do projecto destacaram o «valor social do sector termal e o seu contributo para o desenvolvimento da economia nas áreas em que estão localizadas e para a fixação de população nestes territórios», pode ler-se em comunicado enviado pelo Município de Terras de Bouro.

Participaram no evento, que decorreu no Balneário de Lóbios, o Presidente da Confederação Hidrográfica do Miño-Sil, José António Quiroga; o Vice-presidente da Diputación de Ourense, Armando Ojea, da Alcaldesa do concelho de Lóbios, Alcaides dos concelhos de Muiños, Cortegada e Bande, de Espanha, Manuel Tibo, Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro e José Adriano Lima, Vereador da Câmara Municipal de Melgaço; parceiros no projecto europeu transfronteiriço Raia Termal.

PUBLICIDADE

O evento terminou com a realização de viagens de familiarização: Viagens de imprensa “Press trips” e de agentes e operadores económicos “Fam trips” ao concelho de Terras de Bouro, com o objectivo de «dar a conhecer e projectar internacionalmente este destino turístico de excelência».

A visita revestiu-se da maior importância na «promoção e divulgação das potencialidades turísticas do concelho», um acontecimento inédito que levou ao território agentes e operadores turísticos de 20 nacionalidades distintas.

Na tarde do dia 18 foram promovidas várias experiências na área gastronómica, termal, de saúde e bem-estar, cultural, religiosa e desportos náuticos e de aventura.

No final das experiências o grupo participante, com cerca de 60 pessoas, expressou o seu agradecimento à organização destas experiências e «firmou o seu compromisso em promover e divulgar internacionalmente este destino turístico, através da criação de pacotes turísticos para esta região».

“TERMALISMO INTERNACIONAL 2021-2027”

O Congresso, subordinado ao tema “Termalismo internacional 2021-2027”, incidiu sobre a «revitalização de territórios e desafios demográficos que visam destacar o valor social do sector termal, bem como tornar visível a importância da actividade económica que gera», atendendo ao facto do «sector Termal contribuir para fixar a população e criar emprego nas suas áreas territoriais, espaços rurais que muitas vezes apresentam desequilíbrios demográficos contra os quais a economia termal pode ajudar a lutar».

Trata-se, assim, de um “desafio demográfico” derivado de realidades como a dispersão populacional, a envelhecimento ou baixa taxa de natalidade, aspectos que «devem ser contemplados entre os critérios para definir a próxima distribuição de fundos europeus para o período de Programação 2021-2027, financiamento que pode ser usado por territórios termais que devem melhorar a sustentabilidade e o uso das águas termais».