A 7 DE JULHO -
Noite Branca de Guimarães promete festa de arromba

Na noite de 7 de Julho, um sábado, a cidade de Guimarães convida vimaranenses e visitantes a vestirem-se de branco, «na noite de Verão mais aguardada do ano». A cidade – diz a organização – «não vai parar quando a “playlist” dos DJ convidados começar a tocar».

O Largo João Franco, a Praça de S. Tiago, o Largo de Donães, a Rua de Santo António e a Plataforma das Artes e da Criatividade «convertem-se em pistas de dança a céu aberto e as animações nas ruas prometem dar uma inigualável vivacidade a esta noite de pura diversão».

PUBLICIDADE

«Símbolo incontornável da festa, o Trio Eléctrico vai arrastar Guimarães e, quando estacionar, ninguém vai querer parar de dançar», assinala.

E, insistindo no carácter festivo da iniciativa, afirmam os organizadores: «A noite é longa e, para que seja inesquecível, Guimarães conta com a presença de todos. Basta não faltar à regra e vestir a cidade de branco».

MÚSICA EM VÁRIOS LOCAIS

No Largo João Franco, é Wilson Honrado a fazer as honras e na Praça de S. Tiago é Ana Isabel Arroja a dar música (ambos DJS da Rádio Comercial).

Este ano, o Largo de Donães recebe um dos palcos com Rob Willow (Cidade FM).

Na Rua de Santo António, Eduardo Duarte, Tiago TT e André Rocha são os responsáveis pela mesa de som e, na Plataforma das Artes e da Criatividade, é Nelson Miguel (M80) a passar músicas para os mais nostálgicos.

O Trio Eléctrico, símbolo incontornável da festa, faz o percurso entre o Largo da Mumadona e o Largo do Toural, com Nuno Luz (Rádio Comercial) ao volante.

À semelhança dos últimos anos, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães, o Museu da Sociedade Martins Sarmento e o Museu de Alberto Sampaio associam-se à Noite Branca, abrindo as suas portas até à meia-noite.