REGIÃO - -
Novo centro de testes em Celorico de Basto antecipa resposta em duas semanas

O centro de diagnóstico da Covid-19 que começa a funcionar na próxima semana em Celorico de Basto permite antecipar, em duas semanas, dezenas de testes que estavam previstos para Amarante, segundo a autarquia local.

O presidente da Câmara de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, explicou esta quinta-feira à Lusa haver no concelho pessoas que marcaram o exame em número suficiente para preencherem a capacidade do novo centro de diagnóstico ao longo de duas semanas de actividade.

O autarca indicou que o laboratório contratado será capaz de realizar cerca de uma centena de testes por semana.

PUBLICIDADE

Joaquim Mota e Silva referiu que a resposta foi articulada com o Serviço Nacional de Saúde e surge no contexto de um entendimento com os municípios vizinhos de Cabeceiras de Basto (Braga) e Mondim de Basto (Vila Real). Os três concelhos, isoladamente, não teriam população suficiente para justificar o funcionamento de um centro de diagnóstico, anotou.

A solução encontrada prevê que os técnicos do laboratório percorrerão, em dias alternados, a partir de segunda-feira, cada uma das sedes de concelho, em instalações cedidas pelas câmaras municipais.

No caso de Celorico de Basto, os testes são realizados no Centro Escolar, contando com o apoio logístico do município, incluindo pessoal de segurança e uma enfermeira.

Os testes podem ser realizados naquele concelho nas manhãs de segunda-feira e quarta-feira, das 08h00 às 12h00, e nas tardes de terça-feira e sexta-feira, das 13h00 às 17h00, sempre sob marcação prévia.

Os resultados, após análise laboratorial, são enviados directamente ao utente e às autoridades de saúde pública.

Para o autarca, além da rapidez de resposta, a lógica de proximidade associada a esta medida é “muito importante” para um concelho de baixa densidade, recordando haver freguesias de Celorico de Basto que distam mais de 30 quilómetros de Amarante.

Anotou, por outro lado, a vantagem de haver um equipamento com aquelas características num concelho, como Celorico de Basto, onde existem muitos idosos alojados em lares que podem precisar de ser testados rapidamente.

Segundo dados da Direcção-Geral da Saúde, o concelho tem actualmente oito pessoas infectadas com o novo coronavírus, uma das quais a receber tratamentos hospitalares.