AMARES – Obras na Igreja do Mosteiro de Rendufe à espera do visto do Tribunal de Contas

AMARES –
Obras na Igreja do Mosteiro de Rendufe à espera do visto do Tribunal de Contas

A Direcção Regional de Cultural do Norte espera a emissão do visto do Tribunal de Contas, no âmbito da fiscalização prévia, para poder avançar com uma intervenção de cerca de 600 mil euros na Igreja do Mosteiro de Santo André de Rendufe.

A informação foi avançada pelo Governo em resposta a uma pergunta feita pela deputada do PCP Carla Cruz, que os comunistas tornaram pública esta terça-feira.

PUBLICIDADE

Quanto à área monacal, acrescenta a resposta do Governo, «está a ser preparada uma intervenção no âmbito do Programa Revive, estando para o efeito a decorrer negociações com a Paróquia».

No entanto, para o PCP, «a resposta do Governo não responde àquelas que são as necessidades de preservação, conservação e valorização de tão importante monumento», pelo que Carla Cruz voltou a questionar a Ministra da Cultura sobre a realização de obras que não estejam dependentes do fim do processo negocial com a Paróquia.

«O PCP reafirma o seu compromisso de continuar a defender o património e exigir do Governo a alocação dos meios financeiros e humanos imprescindíveis à concretização da valorização e preservação do Mosteiro de Rendufe», sublinha.

Segundo Carla Cruz, existe «necessidade urgente de intervenção para suster o elevado grau de degradação e risco de colapso» de partes do Mosteiro de Rendufe, designadamente a hospedaria, sala do rebico e capela- mor.