GNROperação PRISEC contou com 492 acções de fiscalização

GNR
Operação PRISEC contou com 492 acções de fiscalização

A GNR realizou entre os dias 4 e 8 de Abril uma operação de fiscalização a nível nacional, direccionada para o exercício da actividade de segurança privada e para as medidas de segurança de adopção obrigatória, de forma a detectar situações passíveis de configurar ilícitos criminais ou contra-ordenacionais. Ao longo da operação foram empenhados militares dos Comandos Territoriais que realizaram um total de 492 acções de fiscalização. As principais áreas de fiscalização foram o pessoal e meios de segurança privada, as medidas de segurança e a titularidade, proibições e regras de conduta no plano da execução de serviços de segurança privada.

Recintos desportivos, centro comerciais e estabelecimentos de restauração ou de bebidas foram os locais visados, tendo sido registadas 73 contra-ordenações, das quais 42 relacionadas com o regime jurídico de segurança privada.

Registaram-se igualmente três crimes, um por exercício de funções de segurança privada sem ser titular de cartão profissional, um por prestação de serviços de segurança privada sem alvará e ainda um outro por usurpação.

PUBLICIDADE