RELIGIÃO - Padre Manuel Fonseca recordado em S. Bento da Porta Aberta

RELIGIÃO -
Padre Manuel Fonseca recordado em S. Bento da Porta Aberta

S. Bento da Porta Aberta assinalou, esta quarta-feira, a memória do Padre Manuel Mendes Fernandes Fonseca, falecido na passada semana.

As memórias foram assinaladas na Basílica de S. Bento da Porta Aberta, na Eucaristia semanal das 10h30, presidida pelo Cónego Roberto Rosmaninho Mariz, tendo concelebrado por vários sacerdotes, entre os quais o P. Adelino Costa e Sousa, actual reitor.

PUBLICIDADE

Com muitos fiéis na Basílica, amigos e devotos de S. Bento, o celebrante fez alguns apontamentos sobre o homenageado, apontando «uma memória, uma gratidão e uma amizade para com quem no ministério sacerdotal, no seu início, aqui trabalhou e aqui se dedicou como capelão deste Santuário e através do Sacramento da Eucaristia manifestar essa mesma memória e essa mesma gratidão».

Salientou, ainda, a sua obra literária e a sua dedicação como director do Jornal de S. Bento, os quais «são pilares obviamente que ficam como marcos do caminhar da sua vida».

Também foi feita uma ponte entre a memória de Sto. Agostinho e do homenageado, mostrando que «temos esta comunhão de eternidade e é nessa esperança certa que fazemos a memória e gratidão do P. Manuel Fonseca».

PADRE MANUEL FONSECA

O Pe. Manuel Fonseca foi reitor do Santuário de S. Bento da Porta Aberta entre os anos 60 e 70, director do Jornal de S. Bento da Porta Aberta e autor de várias obras literárias, entre as quais, “Patriarca São Bento – Santo Miraculoso” assinando sob o seu heterónimo “Manuel da Pena”.