REGIÃO

REGIÃO -
PAN preocupado com a segurança da população face à «instalação ilegal de um depósito de gás» em Joane

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Partido das Pessoas, Animais e Natureza (PAN) revelou, em comunicado, que quer esclarecimentos sobre a posição de Mário Passos, presidente da Câmara Municipal de Famalicão, relativamente à segurança da população residente na área próxima da empresa de carnes Labruge.

Este partido revela que face à «inacção do anterior executivo relativamente à instalação ilegal de um depósito de gás em Joane», aquilo que se verifica actualmente é uma «tentativa de licenciamento de uma estrutura de armazenamento de gás, em elevada proximidade com uma zona habitacional».

PUBLICIDADE

O PAN garante que esta instalação deveria ter sido removida no prazo de 30 dias, como garantiu o anterior presidente, sendo que, no entanto, esta instalação estaria agora em processo de licenciamento. O partido ecológico garante que foi possível comprovar que «a empresa em questão não terá enviado alguns dos documentos requisitados pelas entidades competentes».

Sandra Pimenta, porta-voz da concelhia do PAN, mostrou-se preocupada com aquilo que teme que aconteça, ou seja, que «a não resolução de problemas graves, que estão pendentes, assim continuem», acrescentando que as construções em Famalicão «acontecem ainda antes de serem emitidas as licenças, quase sob a forma de ultimato às entidades licenciadoras».

Para a porta-voz do partido, «a empresa construiu e agora o executivo tenta atribuir a licença», revelando que esta forma de agir coloca «em causa a segurança da população envolvente».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS