AMARES

AMARES -
Pedro Costa desafia Moreira a assumir ou redistribuir pelouros de Cidália Abreu

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O vereador do PS, Pedro Costa, desafiou esta terça-feira o presidente da Câmara de Amares, Manuel Moreira, a assumir ou redistribuir os pelouros a cargo de Cidália Abreu, em especial a Educação, tendo em conta a presença da vereadora como deputada na Assembleia da República.

A “proposta” foi apresentada no período de antes da ordem do dia da reunião de Câmara, num momento em que se discutia o processo de candidatura das obras na Escola Secundária de Amares, um dossiê que mereceu muitas críticas da parte do PS.

“Ou o senhor [Manuel Moreira] assume o processo [de candidatura da escola a financiamento] ou tem de redistribuir os pelouros”, disse Pedro Costa, apelando a que este “assunto sensível” seja gerido diretamente pelo presidente da Câmara.

Na resposta, embora sem se alongar, Moreira admitiu que o assunto “tem de ser conversado” pela maioria que gere o executivo. “Vamos sentar-nos, conversar e tomar uma posição que nos pareça ser a melhor”, disse o autarca, no final da reunião, ao jornal “O Amarense”.

Nona candidata da lista da Aliança Democrática (AD) nas últimas eleições legislativas, Cidália Abreu assumiu a função de deputada no Parlamento tendo em conta a saída de Clara Marques Mendes para a função de secretária de Estado da Ação Social e Inclusão.

A eleição fez com que Cidália Abreu deixasse de ser vice-presidente da Câmara de Amares, cargo que passou a ser ocupado por Delfim Rodrigues, mas manteve os pelouros que detinha, nomeadamente a Educação, a Ação Social e a Saúde.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS