AMARES -
“Pela comunidade e pelo animais”. Programa de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas uniu sinergias para formar bons cidadãos

O primeiro canil ecológico de Portugal – “Eco canil – Espaço Circular”, em Dornelas – acolheu, esta sexta-feira, a sessão de encerramento do “Programa de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas”, do IPDJ, promovido ao longo das últimas semanas pela Câmara Municipal de Amares em articulação com a Junta de Freguesia de Dornelas. Ao longo de 15 dias do mês de Julho, oito jovens voluntários desenvolveram várias actividades inseridas no programa de sensibilização ambiental, entre as quais a construção de trilhos, acções de reflorestação e plantação de ervas aromáticas, caminhadas caninas e ainda um “dia aberto” no Eco canil, que decorreu no passado dia 18 do último mês.

O programa contemplou uma visita guiada pelos diversos espaços que fazem parte do projecto, como os casos dos trilhos (“Trilho do EcoCanil” e “Trilho da Palmeira”) e estufa, onde foram desenvolvidas as acções de reflorestação e plantação de ervas aromáticas.

«O VOLUNTARIADO É UM DOM»

PUBLICIDADE

No encerramento da sessão, o Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, destacou que o «voluntariado é um dom», aproveitando ainda para dar os parabéns pela iniciativa.

«Esta foi uma candidatura muito importante para o Concelho de Amares. Estou muito grato a todos vocês pelo vosso trabalho. Quem cá vier vê a alegria dos animais e das pessoas e essa é também uma das razões pelas quais vamos continuar com este tipo de iniciativas. É muito nobre dar um pouco de nós a estas iniciativas».

«TODO O PRAZER EM RECEBER ESTES PROJECTOS»

Também o Presidente de Junta da Freguesia de Dornelas, António Paredes, agradeceu e congratulou os participantes e intervenientes na iniciativa. «Muito obrigado a todos. É uma iniciativa muito interessante e temos todo o prazer de receber estes projectos. Tanto para o Concelho como para a Freguesia é algo óptimo, aproveitando assim para usufruir das condições para receber os animais que agora aqui temos».

«PROGRAMA COM RESULTADOS MUITO INTERESANTES»

Já o Director Regional do Norte do IPDJ, Vítor Dias, sublinhou o papel dos jovens no decorrer do programa. «Uma palavra para os jovens, que deram um pouco do seu tempo das férias para trabalhar em prol da comunidade, da melhoria da qualidade de vida das pessoas e dos animais».

Mais à frente, Vítor Dias disse ainda que o IPDJ é «um facilitador de processos de participação. Temos vários programas que as entidades podem e devem aproveitar e privilegiamos sempre aqueles em que sabemos que o resultado vai ser positivo, uma mais-valia para a comunidade. É o que tem acontecido em Amares. Este projecto junta duas coisas, a parte ambiental e a dos animais, pois hoje temos de ver o espaço público nesta perspectiva, como algo abrangente, global e que interessa a todos. Tem sido um programa que tem tido resultados muito interessantes».

CALENDÁRIO SOLIDÁRIO E REGRESSO MARCADO PARA 17 DE AGOSTO

O Programa terá agora uma “nova” edição, de 17 a 31 de Agosto, onde será dada continuidade aos projectos já desenvolvidos e realizadas novas actividades.

Uma dos resultados finais do programa foi a elaboração de um calendário solidário sobre o Eco Canil, que conta com fotos dos voluntários com o seu respectivo afilhado (amigo de quatro patas) ou então fotos do grupo de voluntários com os cães. 

Se pretender ficar com um calendário solidário deve proceder à doação de comida (sacos de ração/comida húmida para os animais) ao Eco Canil e será brindado, como agradecimento, com um calendário único e original elaborado durante o Programa.

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Setembro de 2020.