CULTURA -
Posto de Turismo do Sameiro lança concurso de fotografia “Uma Alma Mariana, ou… as Vibrações de um Povo”

O Posto de Turismo do Sameiro está a organizar o concurso de fotografia “Uma Alma Mariana, ou… as Vibrações de um Povo”, que decorre entre os meses de Julho e Setembro. O concurso visa «testemunhar o amor que o povo de Deus sempre dedicou à Nossa Senhora do Sameiro. É importante que todos apreciem o Sameiro, seja por motivos de índole turística, ou de deleite ecológico, ou por impulsos de cariz religioso».

O concurso procura envolver o público «de forma a harmonizar a actividade humana com os valores religiosos», pretendendo-se, por isso, que sejam captados «aspectos de entusiasmo, júbilo e devoção».

Os participantes devem procurar captar «momentos únicos, êxtases perante a beleza de Nossa Senhora. Ao mesmo tempo, procuram-se testemunhos da reacção orante ou devocional dos crentes perante essa beleza Única da Mãe do Céu».

PUBLICIDADE

As fotografias submetidas a concurso serão avaliadas por um júri e premiadas consoante o mérito. Serão depois expostas, prolongando a finalidade do concurso: dar a conhecer o Sameiro, os devotos, as devoções, a força de uma crença e a ternura de um amor para com a padroeira de Portugal.

CONCORRENTES DISTRIBUÍDOS POR ESCALÕES

Não há limites de idade para participar e os concorrentes serão distribuídos por três escalões: o primeiro, até aos 29 anos; o segundo entre os 30 e os 64 anos e o terceiro entre os 65 ou mais. A data de referência para a contagem dos anos é o dia 30 de Setembro de 2020.

A participação no concurso requer uma inscrição no Posto Turismo – Sameiro. A falta da mesma, invalida a participação. A inscrição pode ser feita durante todo o tempo em que o concurso decorre e é gratuita. Cada concorrente pode concorrer com três fotografias.

VENCEDORES E EXPOSIÇÃO EM OUTUBRO

No mês de Outubro, as fotografias serão expostas no Sameiro. A inauguração da exposição está marcada para as 17h30 horas do dia 24 de Outubro, sendo que no dia anterior (23) serão conhecidos os vencedores, escolhidos por um júri designado pela Confraria de Nossa Senhora do Sameiro.