CRIME (Região) – Prisão preventiva para homem que roubava idosos com recurso a violência física

CRIME (Região) –
Prisão preventiva para homem que roubava idosos com recurso a violência física

Militares da GNR de Póvoa de Lanhoso detiveram no Monte da Caparica, em Almada, um homem de 40 anos por suspeita de roubo a idosos de Braga e Viana do Castelo, anunciou esta quinta-feira aquela força de segurança.

Na sequência de uma investigação que decorria há mais de um ano, a GNR conseguiu apurar que o suspeito roubou três idosos na via pública, escolhendo as vítimas em razão da sua especial vulnerabilidade.

Os roubos, marcados pela “violência exercida”, ocorreram nos distritos de Braga e Viana do Castelo.

PUBLICIDADE

“O suspeito actuava sempre sozinho, e abordava as vítimas fazendo-se passar por familiar ou conhecido da família. Desse modo, ganhava a confiança dos idosos, facilitando a sua introdução na habitação dos mesmos e, com recurso à violência física, apoderava-se de objectos em ouro”, lê-se no comunicado, que acrescenta que “noutras situações, arrancava os fios e brincos às vitimas em plena via pública”.

“A investigação, que se iniciou em Agosto de 2018, permitiu perceber o envolvimento do detido em casos investigados noutros distritos, nomeadamente na Guarda e em Coimbra”, avança a Guarda.

Na sequência das diligências foi cumprido um mandado de detenção e de busca domiciliária, que resultou, tanto na recuperação de vários objectos em ouro, documentos e um telemóvel, como na detenção do suspeito.

O detido foi presente esta quarta-feira no Tribunal Judicial de Guimarães para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Esta acção contou com a colaboração do Núcleo de Investigação Criminal da Póvoa de Lanhoso, do Comando Territorial de Setúbal e da Unidade de Intervenção.