LEGISLATIVAS – PSD quer recuperar função dos “guarda-rios” na defesa dos recursos hídricos

LEGISLATIVAS –
PSD quer recuperar função dos “guarda-rios” na defesa dos recursos hídricos

A valorização dos recursos hídricos do distrito de Braga é uma aposta prioritária da candidatura do PSD à Assembleia da República liderada por André Coelho Lima, tendo como objectivo o desenvolvimento sustentado do território, a protecção do ambiente e a defesa da qualidade de vida das populações.

Trata-se – diz o candidato, em comunicado – “de uma opção reiterada” pelos candidatos social-democratas e que Coelho Lima teve esta terça-feira a oportunidade de reforçar em Vieira do Minho, numa incursão até à nascente do rio Ave, de onde a água parte em estado puro e da qual André Coelho Lima fez questão de beber directamente.

PUBLICIDADE

O problema surge depois – sublinha – “com a poluição provocada pela intervenção humana, com efeitos em concelhos a montante” e que levam a candidatura do PSD a assumir como um compromisso prioritário a despoluição da bacia hidrográfica do Ave – que envolve ainda concelhos como Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Vizela e Vila Nova de Famalicão.

GUARDA-RIOS

Acompanhado pelo presidente da Câmara António Cardoso, o cabeça-de-lista social-democrata sublinhou a proposta do PSD para reabilitar as funções que eram desempenhadas pelos ‘guarda-rios’, como exemplo do efeito prático e efectivo da política de proximidade na “defesa dos recursos de que dispomos nos nossos territórios”.

O PSD propõe que a função dos guarda-rios seja retomada no âmbito do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente e da GNR. A estratégica passa ainda por reforçar as competências das administrações de Região Hidrográfica para uma maior capacidade de intervenção ao nível das bacias hidrográficas.

André Coelho Lima chamou a atenção para as diferentes necessidades e especificidades de cada rio e bacia hidrográfica, como se evidencia entre o Ave e o Cávado – rio que já percorreu também nesta campanha, num percurso efectuado de barco em Barcelos.

A candidatura do PSD à Assembleia da República pretendem ainda impulsionar uma maior ligação da gestão da água às Instituições de Ensino Superior e às suas unidades de investigação, que têm múltiplos projectos de monitorização dos recursos hídricos, das suas margens e usos.